Busca no site

Venham ver porque os pássaros cantam

Grandes voos

Travessia Petrpolis X Terespolis

Esse ainda é o voo dos sonhos de muito piloto que conheço. Sou uma pessoa muito feliz por ter realizado esse voo, que na minha opinião é um dos mais bonitos do mundo, simplesmente um visual magnífico!

Abaixo conto um pouco como foi uma das vezes que consegui realizar esse voo:

Um dia a noite após verificar a previsão do tempo, telefonei para meu"brother" Azeite, botando uma pilha para voarmos o dia seguinte. A previsão era de vento oeste/sudoeste fraco e teto muito alto, mas como na parte da manhã estava noroeste fraquinho resolvemos subir para a rampa do Morim.

Eu já tinha feito esse voo do Parque São Vicente, mas do Morim ainda não!

Aguardamos outros pilotos chegarem na igrejinha, nosso ponto de encontro, e subimos no seu poderoso fusca.

Chegamos a rampa quase meio dia e rapidamente preparamos os equipamentos, o vento estava quase parado, e resultado, somente nós dois conseguimos decolar,o restante da galera teve descer e decolar das outras rampas.

 

O Azeite decolou primeiro e começou a subir rápido numa térmica muito grande, saí logo depois mas já não consegui pegar a mesma condição. Após batalhar alguns minutos, na rampa resolvi ir um pouco mais pra dentro da cidade, tentar achar outra térmica pra me manter no voo.

De repente entrei numa descendente fraca e ví alguns urubus rodando abaixo de mim, voei na direção deles, e comecei a subir,o váriometro apitou uns 3metros/seg, comecei a girar. A térmica foi melhorando a cada giro e rápido eu estava com 2.500 ms. Resolví então me manter nela o máximo que pude, ela derivava numas três direções diferentes, consegui chegar aos 3500ms, jamais tinha chegado a essa altura em Petrópolis.

Condição estudada, resolvi apostar numas nuvens acima do chapadão da pedra do Açú, o voo estava muito liso, tanto que temos as fotos pra mostrar! Não ví mais o Azeite. Qdo passava sobre o Açú, resolví tirar umas fotos e então sentí uma turbulência mais forte e uma descendente muito grande, comecei a sair um pouco de cima das montanhas pois estava ha uns 150ms apenas acima, numa corrente mais turbulenta.

Logo avistei meu amigo subindo muito rápido próximo ao Escalavrado, apostei então naquela direção. Ganhei muita altura novamente, foi onde resolví passar por cima da Serra dos Orgãos e pousar junto com ele na Granja Comary em Teresópolis.

                                                          

Juntos comemoramos muito esse que foi um dos meus melhores voos!

Logo depois soubemos pelo rádio que a galera tinha conseguido decolar das outras rampas, e tinha sido uma"farofa geral".

 

Valeu Azeite, grande amigo.

 

©Altitude Parapente - Todos os direitos reservados - Flavio Dias (24) 92572557 / (21) 7889 1042 / Nextel ID 98*31089